sábado, março 12, 2011

Dia triste

Esta é mais uma carta do meu romance.

---

Amada minha,

Hoje foi um dia triste para mim. Como de costume, fui tomar café e conversar com alguns amigos. Fiquei horas te esperando. Foram horas em vão, desperdiçadas a tua espera.

Sei que você não vem todos os dias à feira fazer suas compras, mas não esperava que esse dia fosse hoje.

Dia infeliz, dia chato, dia sem cor, dia sem sentido. Assim é meu dia quando não te vejo, amada minha.

Hoje eu não te vi, mas te imaginei. Você passando entre as barracas com seu andar gracioso e provocante, chamando a atenção dos homens. Sua pele morena brilhando sob o sol da manhã, feito maça polida com cera pronta para ser saboreada sem pressa. O vento como criança brincando com seus cabelos negros. O balanço de sua saia, azul e curta, é um convite a pensamentos impróprios.

Sim, peco só em imaginar você.

Hoje fico na imaginação e na saudade.

Amanhã espero te ver, sorridente, linda e charmosa, para alegrar minha pobre e miserável alma.

Beijos, beijos, beijos.

Seu amado.

Um comentário:

All@n disse...

excelenete inicativa "xará"! Convido-o a conhecer meu blog, sobre poesia, arte e vida!

Paz, luz e sabedoria

http://constantepoetica.blogspot.com/